11 3871-2221   contato@simpleyou.com.br
  • instagram simple you
  • facebook simple you
  • youtube simple you

Artigos

Marketing Pessoal não é parecer ser a melhor opção

Publicado: 05/12/2019

Marketing Pessoal não é parecer ser a melhor opção

Vários portais como G1, Terra, R7, BBC  Brasil e Época Negócios, publicaram matérias sobre o estudo da Hult International Business School, em Londres, falando dos profissionais “marketeiros” nas empresas.  

Bom, há tempo prego a importância de Marca Pessoal e do Marketing Pessoal estarem conectados e em sinergia, ou seja, entregarem os benefícios e diferenciais que dizem possuir.

Com certeza, você já passou pela experiência desagradável de ser apresentado a um produto que se promoveu trazendo a solução para uma necessidade, de tal forma que você ficou tão encantado e teve a certeza que seus problemas acabariam ali, então comprou. Um tempo depois se desencantou ao usá-lo, percebendo que não era tudo aquilo, ou pior, ficou muito abaixo do que foi apresentado em sua promoção/venda.

Essas experiências ruins não acontecem somente com marcas de produtos ou serviços, acontecem também com Marcas Pessoais que se utilizam do Dark Marketing para se autopromoverem. Pessoas com egos batendo no teto, autopromoção exagerada, “puxa-saquismo” e politicagem, são mais comuns do que eu e você imaginamos, principalmente dentro das empresas. Aí você pensa, olha lá o fulano como é “marketeiro”, não faz nada direito, mas sempre se dá bem...

Este “marketeiro” é um perfil muito comum identificado em uma pesquisa feita pela Hult International Business School, em Londres. Em um estudo de produtividade realizado em mais de 28 mil locais de trabalho examinou o nível de engajamento em equipes em diferentes setores de negócios e, evidenciou muitos funcionários que aparentavam estar extremamente engajados em seus trabalhos, mas, na verdade, não faziam efetivamente nada de útil. Essa análise feita pelos pesquisadores mostrou que esses profissionais “marketeiros”, com suas atitudes, impactavam reduzindo a produção das empresas.

São profissionais que sabem jogar o jogo corporativo, mas sem diferenciais competitivos, ou simplesmente são incompetentes.

A Hult International Business School diz:

“Eles podem aparecer constantemente em reuniões, ou se envolver em conversas que servem apenas para mostrar vantagem própria. Mas, além de jogar o jogo da cultura corporativa, os pesquisadores tiveram dificuldade em identificar o que eles realmente faziam de bom e os rotularam como "pseudo-engajados", em oposição aos "engajados" e "desengajados".”

Ao meu ver são profissionais que no fundo são insatisfeitos, egocêntricos, que impactam de forma negativa, suas equipes, gerando desunião e baixa performance, pois pensam somente em como se destacarem e se autopromoverem em busca de benefícios próprios.

Muitas vezes são percebidos pelos gestores, hierarquicamente superiores, como marcas competentes, um engano que lá na frente poderá custar caro para a empresa, seja na produtividade, lucratividade ou performance, impactando de forma negativa a Marca Corporativa.

Ninguém lembra somente do fulano “marketeiro” e sim do fulano “marketeiro” da empresa X. Construa uma Marca Pessoal relevante e conecte a ela estratégias de Marketing Pessoal éticas e, com certeza os resultados aparecerão, seja você um colaborador em uma empresa, dono do seu negócio ou mesmo a Marca Pessoal de Desejo. Será muito mais simples e fácil, você fazer o marketing daquilo que conhece. Promova o seu verdadeiro EU.

Fonte: Simple You by Dulce Regina Migliorini & Paulo Moreti

VOLTAR

You

Marca Pessoal & Marketing Pessoal

Baseado no propósito da Simple You, desenvolvemos metodologias e elaboramos o livro YOU - Marca Pessoal e Marketing Pessoal | quando marca e marketing se conectam, com o objetivo de estimular o autoconhecimento e o uso de ferramentas para a gestão da vida pessoal e profissional.

O livro é destinado a qualquer pessoa que queria se desenvolver, em qualquer momento da vida, é de fácil compreensão, para que o leitor conheça a origem dos termos marca e marketing e consequentemente estabeleça conexões com os conceitos de Marca Pessoal e Marketing Pessoal